Viagem de moto ao Peru

07º Dia-521 Km-Porto Velho-> Rio Branco-AC-01/01/2014


Feliz Ano Novo a todos!!! Bom, nosso Ano Novo foi bem diferente, foi dentro do hotel Porto Madeira, em Porto Velho (quarto bom, com uma janela na lateral, deu para ver alguns fogos...). Em Cacoal haviam nos falado que Porto Velho estava muito perigoso e que tinham soltado 400 presidiários no indulto de Natal, que estavam causando um pouco de alvoroço na cidade, por isso resolvemos passar o Ano Novo no quarto! rs. Primeiro dia do Ano: rumo ao Acre. Na saída de Porto Velho, paramos para abastecer, enquanto pagávamos, um motociclista veio conversar conosco e, perguntou para onde estávamos indo. Conversa vai, conversa vêm, ele disse que a cada 40 dias vai ao Peru de moto, a trabalho, e assim nos deu várias dicas (Ney é motociclista há 35 anos, pertencente ao moto clube dos Abutres e já fez uma longa viagem do Canadá ao Brasil de moto). Pegamos a BR 364, sentido Rio Branco, uma maravilha, uma reta só, sem nenhum buraco, só tem que tomar cuidado com os pássaros (eles cruzam a estrada o tempo todo) e, também não pode esquecer de abastecer toda hora que vê um posto (o Ney disse que, às vezes, alguns postos ficam sem luz e que as bombas não funcionam, já a frentista disse que todos os postos têm gerador. Vai entender! Melhor ser precavido!). Os postos ficam localizados a cada 100 km, com poucas cidades entre eles (Jaci Paraná e Extrema - que mais parecem vilarejos). Por vários Km na estrada, só avistamos grandes fazendas de gado. Após uns 200 km, pegamos a balsa e atravessamos o Rio Madeira, ventinho refrescante, em meio a 35 graus.  Rodamos uns 50 km e entramos no estado do Acre. No caminho, vimos várias casas de palafita. É uma região mais úmida por causa dos rios, mas o calor é o mesmo. Enfim, chegamos em Rio Branco, feriado, tudo fechado. Resolvemos ficar em um hotel, Majú, que fica em frente à Dafra Motos, para fazermos a troca de óleo no dia seguinte. À noite comemos um boi no restaurante ao lado (brincadeirinha, foi uma bela picanha com farofa, arroz à grega e vinagrete, bem servidos, no restaurante água na boca!). Depois cama!
           
Ano Novo visto da janela:
Café da manhã






À esquerda - ponte antiga:








 Chegando no rio madeira:
Balsa - bem movimentada (moto não pega fila):












Brasileiro trabalhando no sol bem quente!


Posto na estrada:
Cidadão que resolveu botar fogo nos pneus!



Entrada de Rio Branco:













Nenhum comentário:

Postar um comentário