Viagem de moto pela América do Sul

11º Dia-546 km-Puerto Maldonado->Ollantaytambo-07-Seg




Acordamos em Puerto Maldonado às 7h00 e fomos fazer o seguro SOAT (seguro do veículo no Peru) aí seguimos rumo à tão desejada "Carretera Inter Oceânica" (estrada que atravessa a Cordilheira dos Andes). Até chegarmos na cordilheira passamos por um trecho de selva, com enormes árvores, belíssimas. Começamos a viagem com 30º e a temperatura só ia caindo. Lá em cima, no comecinho da cordilheira, tivemos que colocar nossas roupas de frio para seguirmos em frente, chegamos a uma temperatura de 5,5º. Em alguns trechos a estrada estava sendo refeita devido aos desmoronamentos (que costumam ser constantes, em 2012 não conseguimos passar). Em muitos locais apareciam as placas: "peligro" e "derrumbe". Em um trecho de 250 km passamos de 320 m para 4725 m de altitude. Lá em cima, as montanhas, encobertas com neve, brilhavam, era um branco tão profundo que parecia até prateado, não é possível descrever tamanha beleza, é impossível não se emocionar. Para amenizar o efeito da falta de oxigênio na alta altitude tomamos diamox (utilizado por alpinistas). Dica: não fazer muito esforço, até a moto fica um pouco mais fraca por causa da falta de oxigênio. Depois começamos a descer a cordilheira. Foram mais curvas e mais paisagens maravilhosas, que beiravam alguns vilarejos cheios de crianças e lhamas. Acabamos chegando no hotel Tucuma, em Ollantaytambo, somente às 19h30, a previsão era chegar mais cedo mas como a estrada tinha muitos desvios e placas de cuidado e de indicação de desmoronamentos acabamos atrasando a chegada. Depois foi banho, janta e cama...

Hotel em Puerto Maldonado


trânsito em Puerto Maldonado - difícil entender de quem é a vez!

fazendo o seguro
tuc tuc chique!


pedágio peruano - moto não paga
garimpo na selva amazônica - uma loucura! pareciam ciganos!












sopa de cheiro de frango - é sério! era só o cheiro do frango
jovens se alimentando! rs...

a região é repleta de bananas, enormes, maiores que as nossas!

começo da subida - vegetação começa a mudar

animais na pista, isto é normal no Peru

parada estratégica - adivinha para que?
hora de colocar um monte de roupa...





pico mais alto da estrada
impressionante...

é muito comum encontrar pessoas pedindo esmola na estrada (mulheres e crianças)
primeiras lhamas




muito frio ainda!!!
descendo...





sol se pondo e a gente ainda na estrada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário