Viagem de moto pela América do Sul

21º Dia-370 km-Lagunas Cejar e Miscanti-17-Qui


Acordamos às 7h00 e graças a Deus o tsunami previsto foi pequeno, só atingiu a região do epicentro do terremoto.  Pegamos um tour e fomos de van até as "Piedras Rojas" (lagoa repleta de pedras avermelhadas devido à grande concentração de ferro oxidado, localizada à 4000 metros de altitude), Lagunas Altiplânicas (lagunas Minique e Miscanti) e "Salar de Atacama", é um passeio que dura o dia todo e a empresa de turismo busca a gente no hotel. As lagunas ficam localizadas próximas a vulcões e, devido à altitude e frio, em alguns locais a água fica congelada. É muito frio! Pegamos 7 graus negativos lá em cima! Tomamos café da manhã em Socaire (aldeia localizada há 3000 metros de altitude), com cerca de 400 habitantes, e depois fomos visitar o vilarejo de Toconao, com população de cerca de 1000 habitantes, são povoados que ficam no caminho das lagunas por isso se tornaram pontos turísticos. No final do dia voltamos para San Pedro. O passeio custa em torno de 50 dólares por pessoa, lá tudo é caro por isso é bom escolher bem o passeio que quer fazer bem como onde quer comer!  

povoado de Toconao



















 vicunhas (da família dos camelos, assim como as lhamas, alpacas e guanacos) - vivem nos altiplanos andinos, a 4000 de altitude, desde o Peru até a Patagônia Argentina e podem ficar 04 dias sem beber água. 



gelo entre as rochas vulcânicas
piedras rojas





7 graus negativos!!! 











laguna Miscanti


laguna Minique

Salar de Atacama





flamingos no Salar de Taras 





vulcão Licancabur visto do hostel



Nenhum comentário:

Postar um comentário