Viagem de moto pela América do Sul

24º Dia-160 km-Purmamarca->Salta-20-Dom



Acordamos cedinho e fomos fazer o passeio no Cerro das 7 Cores (no meio das montanhas coloridas), é um passeio de aproximadamente 3 km, feito à pé, começamos no topo da cidade e finalizamos na praça. O tempo estava ótimo, não estava aquele sol de lascar. Compramos água e seguimos rumo à Salta (aliás a água mais cara dos últimos anos, comprar água ou refrigerante é mais caro que comprar comida. Pagamos cerca de R$ 20,00 em um litro de água ou refrigerante. Um absurdo!  Uma taça de vinho é mais barato que uma gasosa (refrigerante) ou água. A temperatura estava ótima, seguimos para Salta em uma estrada localizada no meio das montanhas, era uma pista duplicada, em muitos lugares só passava um carro. Chegamos em Salta à tarde, hotel São Francisco, muito bem localizado, próximo do centro. Chegamos num horário bom porque pudemos conhecer um pouco da cidade, andamos de teleférico, vimos o pôr do sol lá do alto, a cidade é bem grande. Depois passeamos na Plaza 9 de Julio, praça muito charmosa, parece uma pequena Buenos Aires, cheias de argentinos cheios de glamour. Conhecemos a Catedral Basílica de Salta, estava lotada, muito linda. No final do dia comemos uma empanada legítima, delicia! Quando vier para Argentina não deixe de comer umas empanadas... 

apto. no hotel Los Colorados - Purmamarca
passeio no Cerro das 7 Cores











fim do passeio, de volta à Purmamarca
artesania na praça


















estrada para Salta - uma pista duplicada












chegada em Salta











pegando o teleférico


vista de Salta







Catedral Basílica de Salta 



Nenhum comentário:

Postar um comentário