Ushuaia

23º Dia-287 km-Esquel -> Bariloche




Depois de dias andando somente em estradas retas, hoje já saímos fazendo curvas, cruzando montanhas, passando por vales, com imensos lagos a beira da pista. Saímos de Esquel 10h:00, sem muita pressa, afinal, hoje percorremos a menor distância de toda viagem. Seguimos pela Ruta 40, aqui ela é sinuosa, muito bonita, bem conservada, e em pouco tempo, chegamos na primeira e única parada do dia, em El Bolsón. Por lá, encontramos com um grupo com 20 motociclistas da Alemanha, eles alugaram as motos em Santiago, no Chile, e pretendem ir para o Ushuaia. Um dos integrantes, me pareceu ser o líder, falava espanhol, conversamos, passamos algumas dicas, ele traduziu para turma, que sorriram e agradeceram em Alemão, só deu para entender o sorriso. Neste grupo o que nos chamou mais atenção, foi ver uma senhora, deve ter cerca de 60 anos, pilotando uma BMW 700, incrível pensar que ela iria enfrentar o rípio. Deixamos o posto com sol forte, fazia muito calor, e a quantidade de carros na estrada aumentou, mas o pior, foi encontrar alguns com no mínimo 30 anos de uso, andando a 40 km/h. Quando uma fila de carros se formava, podia apostar que lá na frente, tinha um destes segurando todos, e como a estrada não permite ultrapassagens, tivemos que ter muita paciência. A medida que nos afastamos de El Bolsón, os carros desapareceram, o caminho ficou livre até Bariloche, onde chegamos às 14h:00.  















































Nenhum comentário:

Postar um comentário