Ushuaia

27º Dia-558 km-Neuquén -> Santa Rosa



Não existe nada que desgaste mais um motociclista, do que retas sem fim, onde a alta temperatura faz enxergar miragens, assim foi o dia. Fizemos o caminho que o Alejandro sugeriu e realmente está muito bom, pegamos um pouco de trânsito para sair de Neuquén, mas a medida que a cidade foi ficando para trás, os carros e caminhões sumiram. O único inconveniente de hoje, foi parar no posto em La Reforma e não ter combustível ou algo para beber. Depois de andar o dia inteiro em uma reta, onde nunca se enxerga o fim, chegamos em Santa Rosa. Saímos caminhando pela cidade em busca de algo para comer, mas era horário da sagrada siesta, o máximo que conseguimos, foi uma empanada que demorou meia hora para aparecer. A cidade é muito bonita, bem organizada, limpa, mas o que chama atenção, é a quantidade de jovens, tanto andando nas ruas, como trabalhando nos comércios. Esperamos o tempo passar, até chegar a hora dos restaurantes abrirem, afinal, hoje não comemos nada, chega a doer o estômago. Fim da improdutiva siesta, aos poucos o comércio voltou ao normal, não é fácil aceitar este hábito de uma hora para outra, esquecemos que tudo fecha, mas não têm problema, isso nos dá uma vantagem, somos sempre os primeiros a chegar nos restaurantes. Corremos para o restaurante que escolhemos no TripAdvasior, abriu quando chegamos na porta, ainda montavam as mesas, e advinha quem foi atendido primeiro? Amanhã o dia vai ser puxado, então agora é pegar no sono, tentando entender o que falam na TV. Sei que não sou índio, mas vou tentar dormir no meu colchão em forma de rede. Inté











Nenhum comentário:

Postar um comentário